O QUE É UM CURRÍCULO SOCIAL, SUAS CARACTERÍSTICAS E CONSIDERAÇÕES

23-04-2013 |
24432 Kommentare |
Kategorien:

Enquanto as redes sociais continuam crescendo, o currículo social ganha cada vez mais importância, aportando características relevantes dos candidatos que impressionam e captam a atenção dos caça talentos, dos profissionais de RH e das empresas.

A internet e a web 2.0 são hoje os meios mais usados na busca de emprego e seleção de profissionais. De fato, tudo começou com os portais de emprego, mas hoje é possível usufruir de uma série de estratégias para se autopromover através do currículo social.

O que é o currículo social?  


Para definir o termo “Currículo social” é importante conceituar antes o termo currículo, que é um histórico profissional da pessoa. Em poucas palavras, ele é montado pensando para explorar as características necessárias para se candidatar a uma vaga de emprego. Tendem a ser breves, precisos e estruturados (dados pessoais, formação, experiência e outros dados) para poder transmitir a maior quantidade de informação em poças linhas.    

A partir desta definição, temos o currículo social. Este inclui informações sobre a atividade na internet e na web 2.0. Por exemplo; das redes sociais das quais participa, conexões, grupos, projetos, colaborações, atividades, interesses, enfim, o currículo social aporta as informações sociais do candidato, que completa toda exposição de um currículo tradicional.


O currículo social passa a adquirir muito mais valor para os headhunters, profissionais de RH e empresas que combinam as informações para encontrar o candidato ideal.

Qual é a estrutura ou parte de um currículo social?    

Os profissionais de RH e especialistas no setor concordam que existem três partes fundamentais em um currículo social, que são:

 

  • atividade do candidato: fazer referência a tudo o que o candidato faz e que reflete na internet, o que ele diz, o que compartilha, o que lê, o que escreve... Em síntese, é tudo aquilo que reflete no dia-a-dia através de seus meios sociais.
  • Conexões dos candidatos: isso inclui os contatos e as conexões que um candidato tem através das redes sociais e espaços 2.0.  É importante desenvolver uma rede profissional que agregue valor ao setor em que o candidato se especializou.
  • reputação online do candidato: este ponto ressalta o conhecimento, o segmento e o controle de toda a informação que afeta o candidato. É o reflexo do prestígio que um profissional tem na internet.    


Considerações de um currículo social    

É certo que o mercado laboral, dia a dia, se torna mais competitivo e são muitos os profissionais que se candidatam a uma mesma proposta profissional. Nesta situação é necessário que os talentos se diferenciem e ressaltem frente aos demais, com apresentações sociais criativas e originais. É justamente neste momento que o destaque do currículo social pode fazer toda a diferença.

Por outra parte, e para encerrar, deve-se recordar que se inicia uma era de precaução, assim é preciso ter cautela na hora de refletir sobre suas atividades na internet, que podem se transformar em elementos negativos para a sua reputação. Um currículo social tem que exteriorizar a melhor informação profissional que seja interessante para as empresas, para os profissionais de RH e para os headhunters.

 

 

Posted by Aymara Duran Marcano (@AymaraDuran) Social Media Strategy & Marketing 2.0

Foto: http://www.flickr.com/photos/nscap/4584863851/

 

If you liked this post, subscribe for updates (it's free)

Leave a Reply

Kommentare

Subscribe to Our Blog

Follow SNTalent