LinkendIn: como melhorar o seu recrutamento 2.0

14-05-2012 |
2 Comentários |
Categorias:

Entendemos como Recrutamento 2.0 (social recruiting) quando uma empresa utiliza Facebook, LinkedIn, Twitter e outras mídias sociais para buscar e recrutar candidatos para suas ofertas. Apesar do LinkedIn ser uma rede social muito popular entre os headhunters para localizar candidatos com potencial devemos ter em mente que o Twitter e o Facebook podem ser igualmente utilizados para o recrutamento 2.0, mas de formas diferentes.

Dito isso insistimos; não há outra rede social melhor pensada e preparada para facilitar a nossa tarefa de encontrar o candidato adequado (ou cumprir com nosso pipeline de talento) do que o LinkedIn.

O recrutamento 2.0 começa em nosso perfil pessoal, quando usamos suas ferramentas para procurar, encontrar e se conectar com o nosso candidato em potencial. O problema é que a concorrência faz a mesma coisa e é por esse fato que; para atrair e reter os melhores talentos, nós precisamos nos diferenciar. Para isso, o LinkedIn tem otimizado seus recursos para os perfis de empresas para que possamos nos posicionar dentro desta rede conseguindo assim não só atrair talentos que nos conhece (ou não), mas também quem busca se juntar a nós.

Uma forma de otimizar e posicionar a organização para o recrutamento 2.0 é seguindo os seguintes conselhos:

- Exponha a história da organização e de seus trabalhadores;
- Crie um espaço “Trabalhar Conosco” onde os candidatos possam se inscrever e/ou deixar seu CV;
- Mantenha o perfil da empresa atualizado;
- Elabore planos de ação para se promocionar dentro das redes sociais.

Se você gostou deste post, assine nossas atualizações (é grátis)

Leave a Reply

Comentários

If you see a police officer breaking the law do the following: Write down their car number, nearest address to where you are, the time and the offense...and turn it in to the local police station

They would need to go back before the war on drugs and look at the carriers of the few good officers they had back then. All are dead today. But that retraining to be like them would take better than 20 years.